Kafta ao forno, arroz com lentilhas e visitantes ilustres

Numa das nossas últimas edições de São Paulo, um prato delicioso acompanhado de uma visita ilustre: a Virginia finalmente provou da nossa comida. Foram 3 pratos: kafta ao forno, arroz com lentilhas e uma salada de inspiração grega. A kafta foi a base de carne bovina (patinho) moída e da nossa linguiça artesanal defumada. Foi cerca de 10% de linguiça na mistura. Meu sonho era conseguir carne de cordeiro moída, mas ainda não foi dessa vez.

Temperamos com azeite, óleo de gergelim, sal, alhopimenta-síria, coentro (desidratado), salsa (desidratada),  cominho, tahine, um pouco de pimenta-do-reino extra e suco de limão. Antes de mais nada, cozinhamos o alho em um pouco de água, o suficiente para cobri-lo. Depois o cortamos em cubos grandes. Com os ingredientes todos prontos, o próximo passo foi misturar tudo e “sovar” a massa. Preciso confessar que coloquei um ovo para dar liga, mas a conclusão foi de que isso não é necessário. O importante é sovar a massa até chegar no ponto necessário. O ovo cozinha e você acaba perdendo um pouco da “suculência”. O azeite e o suco de limão ajudam no ponto.

Usamos umas tacinhas metálicas para fazer a forma e colocamos tudo numa forma untada com manteiga. Com o forno pré-aquecido, forte, coloque as kaftas para assar.

Para o molho, tomate pelado, cebolaxarope de romã, açúcar, sal, pimenta-síria, noz moscada e a água em que foi cozido o alho. Esse foi simples: refoguei a cebola com sal e açúcar (generoso, para ficar adocicado). Adicionei o tomate pelado com o suco e o restante dos ingredientes. Depois de deixar ferver um pouco já está bom.

Pique ainda uma meia cebola em juliana e reserve.

Quando as kaftas estiverem bonitas no forno, coloque o molho sobre elas, com o cuidado de deixá-las bem encharcadas. Coloque também as cebolas cruas e deixe mais um pouquinho no forno, até ferver um pouco. Daí fica pronto.

Arroz: Esse é padrão. Arroz, lentilhas, cebola, manteiga, sal e açúcar. Corte rodelas bem finas de cebola, em abundância. Refogue-as na manteiga (com liberalidade), sal e açúcar. Quando ficar transparente, coloque as lentilhas e o arroz e refogue mais um pouco, mexendo sem parar. Coloque água e cozinhe os dois juntos. Milagrosamente o tempo é o mesmo. A gente tinha umas “crispy onions” que apareceram na Quitanda, vindas da Holanda, que fizeram as vezes daquela cebolinha queimada que sempre acompanha. Confesso que ainda não descobri o segredo.

Pra completar a salada: alface, tomate pêra (pequeno e doce), pepino, queijo minas (daqueles mais salgados e firmes, em substituição ao feta), cebola e azeitonas portuguesas. Bem temperado com sal, azeite, vinagre (e/ou suco de limão) e ajinomoto (vai com fé, que fica bom).

Agora algumas fotos para celebrar esse evento que contou ainda com Bárbara, Fabiano e Carol (nossos degustadores oficiais):

 

Virginia e a salada
Fabiano e o prato completo

Teve sobremesa. Figo em calda, com sorvete de creme e uma lasca de queijo. Mas esse eu não vou explicar de novo…

Anúncios

2 comentários em “Kafta ao forno, arroz com lentilhas e visitantes ilustres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s